Icone Título Processo Seletivo para Residência 2019

De 23/07 a 17/08/2018 estão abertas as inscrições para o Programa de Residência em Área Profissional em Medicina Veterinária, e demais áreas, para o período letivo 2019-2021. As inscrições e a seleção serão realizadas pela Fuvest e os interessados poderão solicitar isenção e redução da taxa (R$ 265) entre os dias 16 e 20 de julho.

Poderão participar do programa os interessados que concluíram ou venham a concluir, até 01.03.2019, o bacharelado e, até o dia da matrícula, deverão possuir a inscrição definitiva ou provisória no respectivo conselho regional de classe, sempre que for aplicável.

Seleção
O processo seletivo terá duas fases.  A primeira fase será constituída de prova objetiva realizada nos municípios de Bauru, Pirassununga, Ribeirão Preto e São Paulo no dia 2 de setembro. A segunda fase – realizada obrigatoriamente no município que sedia a primeira (ou única) opção do candidato – é composta por duas etapas: etapa 1 – prova dissertativa, em 30 de setembro e a etapa 2 – análise curricular pela comissão do processo seletivo a partir dos documentos que deverão ser anexados no site de 17 a 28 de setembro.

A bibliografia para conhecimentos gerais e específicos a cada uma das áreas está disponível nesse edital.

Vagas
Serão oferecidas 21 bolsas e cada candidato poderá concorrer, em sua área profissional, em apenas um dos programas e área de concentração. A residência prevê ainda uma bolsa para os classificados no valor de R$ 3.330,43 e será custeada pelo Ministério da Saúde. Confira a quantidade de vagas por programa e por áreas de concentração nas páginas 4 e 5 do edital.

Os programas de residência da Universidade de São Paulo têm carga horária total mínima de 5.760 horas, com atividades teóricas e práticas e devem ser cursados em regime de dedicação exclusiva, não sendo permitido desenvolver outras atividades profissionais no período de sua realização.

Residência
Os programas de residência em área profissional da saúde (pós-graduação lato sensu) constituem uma modalidade de ensino em serviço, cuja carga horária é de, no mínimo, 5.760 horas distribuídas em 2 anos (60 horas por semana). Os residentes desempenham atividades teóricas, teórico-práticas e, sobretudo, práticas guiados pelas equipes profissionais (tutores e preceptores), bem como pelos docentes da USP. O Ministério da Saúde paga aos residentes uma bolsa de R$ 3.330,43/mês, exigindo deles dedicação exclusiva ao programa. O foco das residências é o desenvolvimento do discente como cuidador em saúde, orientado para o SUS.

Fonte:  Site da PRCEU
Acesse o site da Fuvest
Foto: Ernani Coimbra